[1]
J. L. de Oliveira, “A relação da literatura de cordel na antroponímia dos fantoches populares portugueses”, Jangada, nº 10, p. 4–18, abr. 2018.