"Calvário e porres do do pingente Afonso Henriques de Lima Barreto", o road movie literário e experimental de João Antônio

Autores

  • Mariana Filgueiras de Souza UFF

DOI:

https://doi.org/10.35921/jangada.v1i16.323

Palavras-chave:

João Antônio; Lima Barreto; jornalismo; hibridismo; colagem

Resumo

Autor que sempre transitou entre o jornalismo e a literatura, João Antonio (1937-1996) foi também um defensor do hibridismo dessas linguagens. Este trabalho pretende analisar de que maneira a fricção entre a experiência jornalística e o exercício literário provocou em João Antonio a feitura de um livro de linguagem experimental, Calvário e porres do pingente Afonso Henriques de Lima Barreto (1977).  No livro, o autor faz uma colagem de textos em que intercala depoimentos, contos, cartas e fotos, criando um ensaio de estilo único em sua obra, com características de edição cinematográfica – um road movie literário – que amplia e moderniza sua linguagem, ao mesmo tempo em que dá permanência à sua disposição jornalística.

Referências

ANTÔNIO, João. Corpo a corpo com a vida. In:________. Malhação do Judas Carioca. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1975.

________. Calvário e porres do pingente Afonso Henriques de Lima Barreto. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1977.

________. Cais. In: ________. Malhação do Judas Carioca. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1975.

BALÁZS, Bela. O Homem Visível; Nós Estamos no Filme. Tradução de João Luiz BARBOSA, Francisco de Assis. In: A vida de Lima Barreto. Rio de Janeiro: Autêntica, 2017.

BARRETO, Lima. A nova Califórnia. In: SCHWARCZ, Lilia Moritz (org.). Contos completos de Lima Barreto. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

ESTEVES, Antonio R. O romance histórico brasileiro contemporâneo (1975-2000). São Paulo: Editora Unesp, 2010.

DUARTE, Bruno Marques. Calvário e porres do pingente Afonso Henriques de Lima Barreto, de João Antônio e o novo romance histórico brasileiro. In: Revista de Letras, vol. 15, n. 17, 2013.

LACERDA, Rodrigo. João Antônio: uma biografia literária, os anos de formação. Tese (doutorado). São Paulo: USP, 2006.

ORNELLAS, Clara Ávila. João Antônio, leitor de Lima Barreto. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2011.

SAVIANI, Demerval. Sistema Nacional de Educação e Plano Nacional de Educação: significado, controvérsias e perspectivas. Campinas: Autores Associados, 2013.

SCALZO, Marília. A revista no Brasil. São Paulo: Editora Abril, 2000.

SEVERIANO, Mylton. Paixão de João Antonio. São Paulo: Casa Amarela, 2005.

SILVA, Julio Cezar Bastoni. Estado da ralé: da pobreza à miséria na obra de João Antônio. In: Literatura e Sociedade, v. 21, n. 22, 7 dez. 2016.

WOLFE, Tom. Radical chique: o novo jornalismo. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

Cartas:

ANTÔNIO, J. [Carta] 1 jul. 1968, Rio de Janeiro [para] LAURITO, I.B., São Paulo.

________ . [Carta] 14 jun. 1968, São Paulo [para] LAURITO, I.B., São Paulo.

Entrevistas:

ANTONIO, João. Vibrações, pulgueiros e Ladrões de bicicleta. Filme Cultura, n. 47, agosto de 1986.

BERABA, Marcelo. Vida e morte do Quixote Afonso Henriques de Lima Barreto. O Globo, Rio de Janeiro, 19 de junho de 1977.

QUINTELA, Ary. A gente cai, a gente se levanta – João Antônio contista brasileiro. [sem referência à fonte] Documento do “Acervo João Antônio”, depositado na F.C.L – UNESP – Assis (Coleção Jácomo Mandatto), 2009.

Artigos:

ANTÔNIO, João. Duas bagatelas ao redor do mulato de Todos os Santos. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 4 de abril de 1982.

LOUZEIRO, Luciana. Do incêndio nasceu o gênio João Antônio, um dos ‘malditos’. O Fluminense, Niterói, 11 de maio de 1977.

SILVA, Aguinaldo. O fantasma de Lima Barreto baixa no sanatório da Muda. O Globo, Rio de Janeiro, 19 de setembro de 1977.

________. [Sem título] Jornal Movimento, Rio de Janeiro, 9 de fevereiro de 1976.

Downloads

Publicado

2021-01-30

Como Citar

Filgueiras de Souza, M. (2021). "Calvário e porres do do pingente Afonso Henriques de Lima Barreto", o road movie literário e experimental de João Antônio. Jangada: Crítica | Literatura | Artes, 1(16), 79–93. https://doi.org/10.35921/jangada.v1i16.323