Conquistando espaços (e espelhos): O sujeito contemporâneo de Humberto Gessinger

Autores

  • Silvia Maria Alves Jorge

DOI:

https://doi.org/10.35921/jangada.v0i2.22

Palavras-chave:

Humberto Gessinger, Hipertexto, Sujeito contemporâneo

Resumo

O presente estudo propõe uma análise sobre o sujeito contemporâneo na produção virtual de Humberto Gessinger. Para tanto, busca-se uma articulação entre a produção virtual do autor no Blogessinger e os estudos acerca da identidade cultural na pós-modernidade de Hall (2005) e Bauman (2004, 2010). Faremos, assim, uma análise dos escritos de Gessinger, destacando algumas características do autor relacionadas a estilo, além de aspectos culturais e de contemporaneidade presentes em suas publicações virtuais.

Palavras-chave: Humberto Gessinger, Hipertexto, Sujeito contemporâneo.

------------------------------------

This paper proposes an analysis of the contemporary subject in Humberto Gessinger’s virtual production. Therefore, we make a link between the virtual production of the author in Blogessinger and the studies about cultural identity in postmodernity Hall (2005) and Bauman (2004, 2010). Thus we will make an analysis of the writings of Gessinger, highlighting some features related to the author's style, and cultural aspects of contemporaneity presented in his virtual publications.

Keywords: Humberto Gessinger, Hypertext, contemporary subject.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. O que é contemporâneo? E outros ensaios/Giorgio Agamben [tradutor Vinícius Nicastro Honesto]. Chapecó, SC: Argos, 2009.
COSTA VAL, Maria da Graça. Redação e textualidade. São Paulo: Martins Fontes, 1994.
GESSINGER, Humberto. Pra Ser Sincero: 123 Variações Sobre um Mesmo Tema. Caxias do Sul: Belas-Letras, 2009.
________. BloGessinger: posts 01 a 29 (2011). Disponível em: <http://blogessinger.blogspot.com.br> Acesso em: mar. 2013.
________. BloGessinger: posts 30 a 80 (2012). Disponível em: <http://blogessinger.blogspot.com.br> Acesso em: mar. 2013.
________. BloGessinger: posts 81 a 94 (2013). Disponível em: <http://blogessinger.blogspot.com.br> Acesso em: mar. 2013.
HALL, Stuart. Identidade cultural da Pós-modernidade. 10. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2005.
HENRIQUES, Claudio Cezar. Estilística e Discurso. Estudos produtivos sobre texto e expressividade. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.
KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça. Desvendando os segredos do texto. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2002.
________. Hipertexto e construção do sentido. São Paulo: Alfa, 2007.
KOCH, Ingedore Grunfeld Villaça; ELIAS, Vanda Miranda. Ler e compreender: os sentidos do texto. 2. ed. – São Paulo: Contexto, 2006.
________. Ler e escrever: estratégias de produção textuais. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2011.
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Linearização, cognição e referência: o desafio do hipertexto. Línguas e Instrumentos Linguísticos. Campinas: 1999.
________. O hipertexto como novo espaço de escrita em sala de aula. Linguagem e Ensino, vol. 4, nº 1, 2001.
________. Gêneros textuais emergentes no contexto da tecnologia digital. In: MARCUSCHI, L. A.; XAVIER, A. C. (Org.). Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção do sentido. Rio de Janeiro: Lucerna, 2004.
________. A coerência no hipertexto. In: COSCARELLI, Carla; RIBEIRO, Ana Elisa (Org.). Letramento digital: aspectos sociais e possibilidades pedagógicas. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.
________. Hipertexto e gêneros digitais: novas formas de construção de sentido/Luiz Antonio Marcuschi, Antonio Carlos Xavier, (Orgs.). 3. ed. São Paulo: Cortez, 2010.
OKADA, Ana. Humberto Gessinger lança livro de memórias e diz que não gostaria de voltar aos anos 1980. Disponível em: <http://musica.uol.com.br/noticias/redacao/2012/05/17/humberto-gessinger-lanca-livro-de-memorias-e-diz-que-nao-gostaria-de-voltar-aos-anos-1980.htm Acesso em: 14 fev. 2013.
OLIVEIRA, Dennis de. Entrevista. Zygmunt Bauman. Disponível em:<http://revistacult.uol.com.br/home/2010/03/entrevis-zygmunt-bauman/> Acesso em: 02 abr. 2013.
PALLARES-BURKE, Maria Lúcia Garcia. “Entrevista com Zygmunt Bauman”, Tempo Social, v. 16, nº 1, São Paulo: 2004.
VELLOSO, Ricardo Viana. Texto e Hipertexto: nem iguais, nem opostos. Diálogos & Ciência. v. 10, n. 30, p. 148-152. 2012.

Downloads

Publicado

2018-04-02

Como Citar

Alves Jorge, S. M. (2018). Conquistando espaços (e espelhos): O sujeito contemporâneo de Humberto Gessinger. Jangada: Crítica | Literatura | Artes, (2), 44–56. https://doi.org/10.35921/jangada.v0i2.22

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.