Resistência intelectual ao nazismo nos periódicos do exílio

Autores

  • Patrícia Helena Baialuna de Andrade USP

DOI:

https://doi.org/10.35921/jangada.v1i16.272

Palavras-chave:

Exílio, Periódicos, Resistência

Resumo

As obras publicadas pelos escritores alemães no período em que se exilaram da Alemanha nazista compõem a chamada Literatura de Exílio, A este conjunto pertencem numerosas publicações de características bastante distintas, contudo, o engajamento é marca recorrente de muitas obras que procuraram denunciar a violência do nacional-socialismo. Paralelamente à publicação de obras literárias, muitos exilados envolveram-se na divulgação de revistas de literatura, arte e política, editadas em diversos países. Este artigo tem por objetivo apresentar as propostas e conteúdo de alguns desses periódicos, comentando uma amostra de textos e editoriais e apontando para a importância de tais revistas enquanto veículo de articulação de uma resistência intelectual ao nazismo.

Referências

ABUSCH. Alexander. Vorwort. In: Freies Deutschland: México, 1941-1946. Bibliographie einer Zeitschrift. Berlin e Weimar: Aufbau-Verlag, 1975, p.5-21.

ANDRADE, Patricia Helena Baialuna de. Revistas de literatura e política: estandartes dos intelectuais antinazistas exilados. In: Revista Tempos Históricos, v. 19, p. 228-252, 2015.

________. A cultura judaica em um periódico do exílio alemão: o caso da revista Aufbau. In: ContraCorrente: Revista de Estudos Literários, v. 9, p. 1-13, 2016.

________. A literatura de exílio alemã nas páginas da revista Das Wort: o realismo em questão. Miscelânea (Assis. Online), v. 20, p. 325-342, 2017.

DAS ANDERE DEUTSCHLAND. Buenos Aires, Número 5, 1. Setembro de 1938.

BOBBIO, Norberto. Os intelectuais e o poder. Dúvidas e opções dos homens de cultura na sociedade contemporânea. Tradução de Marco Aurélio Nogueira. SP: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1997.

HOWE, Irving. A política e o romance. São Paulo: Editora perspectiva, 1998.

FREIE KUNST UND LITERATUR. Paris, Número 1, Setembro de 1938.

DENIS, Benoît. Literatura e engajamento: de Pascal a Sartre. Tradução Luiz Dagobert de Aguirra Roncari. Bauru, SP: EDUSC, 2002.

DEUTSCHE BLÄTTER. Band I, 1943, Heft 1-12. Reprinted by permission of Albert Theile, Unterägeri, Switzerland. Kraus Reprint. Nendeln / Liechtenstein, 1970.

DEUTSCHE BLÄTTER. Band II, 1944, Heft 1-10. Reprinted by permission of Albert Theile, Unterägeri, Switzerland. Kraus Reprint. Nendeln / Liechtenstein, 1970.

DIE SAMMLUNG. Literarische Monatschrift unter dem Patronat von André Gide, Aldous Huxley, Heinrich Mann. Herausgegeben von Klaus Mann. 1934, I Jahgang. Kraus Reprint. Nendeln / Liechtenstein, 1970.

MANN, Heinrich. Schicksal und Aufgabe. In: Deutsche Blätter, Heft 7, 1944.

SOWELL, Thomas. Os intelectuais e a sociedade. Tradução de Mauricio G. Righi. São Paulo: Realizações Editora, 2011.

SOZIALISTISCHE WARTE. I. Jahrgang, I. Heft. Maio de 1934.

Downloads

Publicado

2021-01-30

Como Citar

Andrade, P. H. B. de. (2021). Resistência intelectual ao nazismo nos periódicos do exílio. Jangada: Crítica | Literatura | Artes, 1(16), 7–24. https://doi.org/10.35921/jangada.v1i16.272