As bases psíquicas da Fantasia, o processo de individuação e a humanização em 'Pinóquio'

Autores

  • Marcos Aparecido Pereira IFMT
  • Epaminondas de Matos Magalhães IFMT

DOI:

https://doi.org/10.35921/jangada.v1i18.387

Palavras-chave:

Fantasia, psiquismo, transcendência, individuação

Resumo

Este trabalho visa refletir sobre a fantasia enquanto gênero literário que estabelece suas bases sobre as profundezas de nossa psique levando o leitor a contemplar e vivenciar o impossível, transpondo os limites de sua situação existencial e expandindo as experiências do indivíduo. Nesse sentido, buscaremos compreender como instâncias inconscientes imagéticas, simbólicas e arquetípicas se manifestam em criações estéticas desse gênero, na tentativa de mimetizar um mundo incompreensível, intangível e imensurável que se equilibra com o homem em sua dimensão material e lógico-racional. Por fim, com base na figura do personagem Pinóquio, criado por Carlo Collodi, empreenderemos uma reflexão acerca de como a articulação de experiências reais e psíquicas são imprescindíveis na transposição de estágios psíquicos, no autoconhecimento, no conhecimento de mundo e no processo de individuação.   

Referências

BACHELARD, Gaston. A água e os sonhos: ensaio sobre a imaginação da matéria. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2018.

________. A terra e os devaneios do repouso: ensaio sobre as imagens da intimidade. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2019.

CANDIDO, Antonio. Vários escritos. Rio de Janeiro: Ouro Sobre Azul, 2011.

COLLODI, Carlo. Pinóquio [versão kindle]. São Paulo: Martins Fontes, 2016.

JUNG, Carl Gustav. Chegando ao inconsciente. In: JUNG, Carl G. [et al.] O homem e seus símbolos. Rio de Janeiro: Harper Collins Brasil, 2016.

________. Espiritualidade e transcendência. Petrópolis: Vozes, 2015.

________. O eu e o inconsciente [versão kindle]. Petrópolis: Vozes, 2014.

________. Os arquétipos e o inconsciente coletivo. Petrópolis: Vozes, 2000.

LLOSA, Mario Vargas. A tentação do impossível: Victor Hugo e Os miseráveis. Rio de Janeiro, Objetiva, 2012.

________. La verdad de las mentiras. Livro digital. Alfaguara, 2016.

PETIT, Michèle. Os jovens e a leitura: uma nova perspectiva. São Paulo: Editora 34, 2013.

RIBEIRO, Sidarta. O oráculo da noite: a história e a ciência do sonho. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

SILVA, Tomaz Tadeu da. A produção social da identidade e da diferença. In: SILVA, Tomaz Tadeu da [et al.]. Identidade e diferença: a perspectiva dos Estudos Culturais. Petrópolis – RJ: Vozes, 2009.

TODOROV, Tzvetan. A literatura em perigo. Rio de Janeiro: DIFEL, 2009.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

Pereira, M. A., & Magalhães, E. de M. (2021). As bases psíquicas da Fantasia, o processo de individuação e a humanização em ’Pinóquio’. Jangada: Crítica | Literatura | Artes, 2(18), 107–116. https://doi.org/10.35921/jangada.v1i18.387