Fantasia em Palimpsesto: intertextualidade em 'Dragões de Éter' de Raphael Draccon

Autores

  • Sara Duarte Peres Universidade Federal de Viçosa
  • Adélcio de Sousa Cruz Universidade Federal de Viçosa

DOI:

https://doi.org/10.35921/jangada.v1i18.392

Palavras-chave:

Fantasia, Intertextualidade, Fantasismo Brasileiro

Resumo

O objetivo desta pesquisa é analisar o romance de fantasia Dragões de Éter, do escritor brasileiro Raphael Draccon, tendo como foco a primeira obra da saga, Caçadores de Bruxas. O livro - publicado em 2007 pela editora Planeta - é marcado pelos diversos diálogos que tem com outros universos, como o dos contos de fadas, do cinema e dos vídeo games. Busca-se investigar de que maneira a intertextualidade foi utilizada na criação do universo ficcional de Nova Ether, cenário dos romances, e como esta se constitui fundamental na estruturação da narrativa. Ademais, considera-se a posição de Caçadores de Bruxas enquanto precursor da fantasia brasileira no século XXI e também pertencente ao Movimento Fantasista. Como embasamento teórico foram utilizadas obras de autores como Bruno Anselmi Matangrano, Enéias Tavares, Gérard Genette, Julia Kristeva e Roman Jakobson.

Biografia do Autor

Sara Duarte Peres, Universidade Federal de Viçosa

Pós-graduanda em Estudos Literários pela Universidade Federal de Viçosa e graduada em Letras Português  e Literaturas de Língua Portuguesa pela mesma instituição, é professora do Ensino Básico na rede municipal de Viçosa-MG.

Adélcio de Sousa Cruz, Universidade Federal de Viçosa

Professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras/UFV - stricto sensu - Literatura; Departamento de Letras UFV; Membro da Comissão Editorial do Portal literafro (www.letras.ufmg.br/literafro).

Referências

BAUDELAIRE, Charles. Sobre a modernidade - o pintor da vida moderna. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

CARDOSO, C. F. A ficção científica, imaginário do século XX: uma introdução ao gênero. Niterói: Vício de Leitura, 1998.

COELHO, Nelly Novaes. O Conto de Fadas. São Paulo: Ática, 1991.

DRACCON, Raphael. Dragões de Éter: caçadores de bruxas. São Paulo: Leya, 2010.

VIAGEM LITERÁRIA. Disponível em: <http://www.viagemliteraria.com.br/2010/09 entrevista-raphael-draccon.html>. Acesso em: 13 de junho de 2019.

GENETTE, Gérard. Palimpsestos - a literatura de segunda mão. Tradução de Cibele Braga et al. Belo Horizonte: Viva Voz, 2010.

GRIMM, Jacob. Contos dos Irmãos Grimm. Org. Dra. Clarissa Pinkola Estés. Rio de Janeiro: Rocco, 2005.

HUTCHEON, Linda. Um Teoria da Paródia. Tradução de Teresa Louro Pérez. Rio de Janeiro: Edições 70, 1985.

JAKOBSON, Roman. Lingüística e comunicação. Tradução de Izidoro Blikstein e José Paulo Paes. 8.ed. São Paulo: Cultrix, 1975.

KRISTEVA, Julia. Introdução à semanálise. Tradução de Lúcia Helena França Ferraz. 2ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2005.

KHUMTHUKTHIT, Ploy. A Nova Diplomacia Pública do Japão. 2010. 115. Dissertação - Instituto de Relações Internacionais da PUC-Rio, Rio de Janeiro.

MANLOVE, C.N. On the Nature of Fantasy. In: SCHLOBIN, R. C. (Org.). The Aesthetics of Fantasy Literature and Art. Notre Dame (IND): University of Notre Dame Press, 1982. p. 16-35.

MARINHO, Celisa Carolina Álvares. Contribuições Para Uma Poética do Maravilhoso. Um Estudo Comparativo Entre a Narratividade Literária e a Cinematográfica. 2006. 172. Tese – Universidade de São Paulo, São Paulo.

MATHEWS, Richard. Fantasy: The Liberation of Imagination. Nova York – EUA: Routledge, 2011.

MATANGRANO, Bruno Anselmi; TAVARES, Enéias. Fantástico Brasileiro: o insólito literário do romantismo ao fantasismo. Curitiba: Arte & Letra, 2018.

PEREIRA, Maria Otília Farto. Estilo e Metalinguagem na Literatura de Monteiro Lobato. 2004. 274. Tese - Faculdade de Ciências e Letras da UNESP, Assis – SP.

SODRÉ, Muniz. Best-seller: a literatura de mercado. Rio de Janeiro: Ática, 1985.

SOUZA, Wender Marcell Leite. A literatura como diálogo: um percurso histórico do intertexto. In: IX SEMINÁRIO INTERNACIONAL DE HISTÓRIA DA LITERATURA, 2012, Porto Alegre: EdiPUC-RS, v. 9. p. 120-129.

TOLKIEN, J.R.R. Sobre Histórias de Fadas. São Paulo: Conrad, 2006.

Downloads

Publicado

2021-12-30

Como Citar

Duarte Peres, S., & de Sousa Cruz, A. . (2021). Fantasia em Palimpsesto: intertextualidade em ’Dragões de Éter’ de Raphael Draccon. Jangada: Crítica | Literatura | Artes, 2(18), 238–263. https://doi.org/10.35921/jangada.v1i18.392